Notícias

Famílias do Morro Grande se protegem contra diminuição de chuva no verão e ganham 78 caixas d'água


Em 2018 a Semasa deverá alcançar 700 caixas d
— ™água doadas à  população. Até o final da atual administração, em 2020, está prevista a distribuição total de mil tanques reservatórios
Famílias do Morro Grande se protegem contra diminuição de chuva no verão e ganham 78 caixas d'água Fotos: Toninho Vieira

Dia 5 de dezembro e os termômetros marcam 25ºC em Lages. Com a proximidade do verão, as famílias devem pensar em prevenir possíveis reduções da pressão da água nas torneiras, pois os índices pluviométricos caem bruscamente e a economia deve ser ainda mais presente dentro das casas e dos estabelecimentos comerciais. Sem desperdícios e com consumo consciente, não há surpresas ruins. Bairros e loteamentos vulneráveis economicamente estão recebendo caixas d’água gratuitamente pela prefeitura.

A Secretaria Municipal de Águas e Saneamento (Semasa) está à frente de entregas de caixas d’água a famílias de baixa renda com a finalidade de ajudar os moradores neste processo de reserva e sensibilização. Os tanques são doados por empresas prestadoras de serviço a esta pasta. O projeto iniciou em julho de 2017.

São caixas de polietileno com capacidade para 310 litros. Uma caixa d’água custa, em média, R$ 220, e mais a mão de obra para instalação deve-se chegar ao investimento de aproximadamente R$ 400.

O bairro Morro Grande é o mais recente beneficiado, ao todo serão 78 caixas. A entrega simbólica das três primeiras foi feita pelo prefeito Antonio Ceron na tarde desta quarta-feira (5 de dezembro), junto à reinauguração da quadra de areia para a prática de esportes à comunidade. “80% das nossas famílias do bairro não têm caixa d’água em casa e os mesmos 80% são carentes. Este reservatório vai ajudar demais para que tenham tranquilidade nas atividades do dia a dia e tenham precaução para evitar problemas nos cômodos onde mais utilizam água, como cozinha e banheiro”, argumenta o presidente da Associação de Moradores do Bairro Morro Grande, Marcelo Araújo.

Fora isto, há cerca de 40 dias, a Semasa instalou um booster próximo à Chácara Battistella, acabando com a falta d’água. “Dois, três meses atrás havia constantes faltas. Os moradores se queixavam do transtorno que isto causava. E há sete meses a Semasa havia se programado para instalar o ‘motor’ perto da Chácara. Todo mundo gostou e agora não existe escassez e insuficiência. Estas melhorias são presentes de Natal para nós. A Semasa selecionou quem mais precisava e agora temos esta excelente iniciativa. São pequenos gestos que tornam a ação grandiosa como um todo”, comemora Marcelo, sem esquecer de conscientizar seus colegas de bairro sobre  cuidar do uso racional ao lavar carros, calçadas, nos banhos rápidos, torneira fechada ao escovar os dentes, entre outros. “A Semasa está amparada por recursos tecnológicos de gestão do fornecimento de água potável no município. As famílias de baixa renda podem estar seguras com este recurso de reservar água para as tarefas de rotina. Pedimos que se economize neste período de grande calor e saber que o verão ainda nem começou. Atitudes simples fazem diferença lá na frente”, observa o prefeito Antonio Ceron.

Moradores preparados

Jandira Aparecida Lins Siqueira, 48 anos, mora na rua João Lemos Machado e foi a primeira a ganhar a caixa d’água, um equipamento que vai trazer mais sossego nas épocas de estiagem. “Na residência moramos eu, meu esposo, e a filha Maria Cristina, de sete anos, e o meu filho mora na outra casa, no mesmo lote, ele é casado. Michael e a esposa Graziele. A caixa vai facilitar para a limpeza da casa, lavagem de roupa, fazer comida. A gente trabalha com reciclagem e eu acabava separando água naqueles ‘botijões’. Era complicado. A partir de agora vai ser melhor para a gente.” A Semasa irá instalar a caixa d’água na casa, pois a família não possui mão de obra.

A senhora Maria Enedina de Souza diz ter 73 anos e também ganhou sua caixa d’água. Ela e mais três filhos moram próximos, cada um em sua casa, num total de 20 pessoas. “A outra caixa que eu tenho vai para abastecer o banheiro. E esta de hoje eu vou usar para colocar água para beber. Meu filho mesmo vai instalar.”

O secretário Jurandi Agustni reitera que, “em 2018 a Semasa deverá alcançar 700 caixas d’água doadas à população, em diversos bairros”. Até o final da atual administração, em 2020, está prevista a distribuição total de mil tanques reservatórios.

Por: Daniele Mendes de Melo

Galeria