Notícias

Encontro da Rede de Saúde Mental discute desafios e demandas na área


A iniciativa surgiu a partir de um portfólio apresentado pelos profissionais residentes que atuam na Unidade de Saúde do Tributo
Encontro da Rede de Saúde Mental discute desafios e demandas na área Fotos: Divulgação

Os principais desafios, dificuldades, alternativas e soluções das demandas da área foram discutidos no 1° Encontro da Rede de Saúde Mental do município, que foi realizado nesta sexta-feira (14). O evento aconteceu no Centro de Referência de Assistência Social (CRAS) do bairro Tributo e reuniu gestores, coordenadores e profissionais que atuam neste campo, seja nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), no Programa de Atenção Psicossocial (PAPS) e nos Centros de Atenção Psicossocial (CAPS).

A iniciativa surgiu a partir de um portfólio apresentado pelos profissionais residentes que atuam na Unidade de Saúde do Tributo, através da Residência Multiprofissional em Saúde da Família e Comunidade.

Psicólogos, assistentes sociais, enfermeiros e dentistas apresentaram os pontos importantes na gestão e execução dos trabalhos com objetivo de melhor atender à população. “Os problemas foram debatidos para que encontrássemos, na prática, soluções possíveis, quebrando os paradigmas da saúde mental. O encontro também foi importante para estreitar as relações entre os profissionais da área”, afirma a coordenadora adjunta e preceptora da Residência Multi, Pâmela Santos.

Para um dos residentes e organizadores do Encontro, Mario Vitor de Souza Arruda, as problemáticas no campo de trabalho precisam de resolutividade e resposta rápida. “Percebemos, dentro das demandas da saúde mental, que a maioria da população ainda não conhece totalmente os serviços oferecidos, os atendimentos e como funcionam. Nossa equipe precisa se organizar para acessar melhor a comunidade e dar os devidos encaminhamentos”, destaca Mario.